W:O:A Metal Battle – WarFx

 

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Bom a final esta chegando então vamos dar um gás na publicação dessas entrevistas.

A de hoje é com os integrantes do WarFX, banda carioca que irá participar da grande final.

A banda foi formada em 2001 e é bastante influenciada pelas bandas de thrash metal da Bay Area (Megadeth, Testament e Metallica). A banda tem lançado um álbum full, “War Songs” de 2006, e esta preparando um novo trampo para este ano ainda.

Acompanhem abaixo a entrevista com os integrantes do WarFX!

1.) Primeiramente gostaria de agradecer a vocês do WarFX pela participação aqui nesta entrevista e parabéns pela vitória na primeira seletiva do Wacken Metal Battle.

Alex Porto (bateria): Valeu brother, realmente toda a banda ficou muito contente com resultado, dia 12 de maio vamo que vamo tentar uma vaga na final.

Hugo Navia (vocal): Cara, nós é que agradecemos pela oportunidade e o W:O:A Metal Battle deste ano está sendo excelente! Não esperávamos participar da seletiva carioca deste ano e vencer foi uma alegria maior ainda, ficamos muito felizes sem dúvida.

2.) Cada vez mais cedo as bandas hoje procuram mostrar seu som fora do país, muitas vezes antes mesmo de ter um album completo, só tendo um EP ou Demo. Na opinião do WarFX podemos considerar essa busca das bandas do nosso underground por um espaço lá fora como um reflexo da falta de apoio ao nosso underground?

Hugo Navia (vocal): Eu acho que esse comportamento ocorre por dois motivos: Facilidade e necessidade: Com o advento de novas tecnologias aplicáveis à produção musical nos últimos anos, tornou-se muito fácil pra qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento e interesse, gravar e produzir suas músicas de maneira quase caseira, com um resultado razoável e relativamente pouco investimento em equipamentos. Isso criou uma forma de divulgação que era impensável para as bandas underground há 10, 15 anos atrás. A popularização da internet também mudou o formato dessa divulgação; ao invés de gravar uma “fita demo” ou um cd no estúdio, prensar cópias, fazer contatos, mandar cd pelo correio e etc; o cara agora pode gravar uma faixa hoje, outra amanhã, outra depois e vai divulgando isso na net, de forma que qualquer pessoa do mundo possa ouvir.

Quanto a buscar o mercado exterior, bem… acho que esse é o desejo de qualquer banda que tem a intenção de se levar a sério, pois só lá fora ainda existe algum “mercado” para bandas de metal. Aqui no Brasil não se ganha dinheiro com isso, ainda que as bandas invistam em instrumentos e outras coisas, banda underground não recebe nem cachê pra tocar em um show, então com o tempo tudo acaba virando uma brincadeira muito cara, onde só continuam “brincando” aqueles que tem muito prazer e se divertem muito em fazer aquilo e aqueles que eventualmente desejam se profissionalizar e viver disso realmente, e pra conseguir isso só indo pra fora do Brasil.

Felipe Lima (guitarra): Cara, o Brasil tem excelentes bandas, bons festivais, muita gente que curte o estilo. Apesar de achar que falta um pouco mais de estrutura, organização, acho que já foi muito pior. A internet é democrática e é uma espécie de válvula de escape para as bandas que fazem música de verdade. Coisas como Myspace e Youtube são revolucionárias e “encurtaram” a distância que existia das bandas daqui com outros países.

Alex Porto (bateria): Na verdade acho que é um pouco disso sim e também mesmo com uma concorrência grande lá fora o  espaço e retorno dado para as bandas é bem maior, é normal que as bandas busquem um mercado mais voltado para o seu som, ainda mais que “preferência musical”  no Brasil é por outras merdas que não me atrevo a considerar estilo e prefiro nem comentar…(risos)

3.) Como vocês se prepararam para a apresentação na seletiva regional, apenas mais um show ou tiveram algo especial? e para a final como será?

Hugo Navia (vocal): O repertório é o de sempre, só tivemos que limar uma ou duas músicas por causa do tempo de show. Estamos tentando manter um ritmo constante de ensaios…

Felipe Lima (guitarra): Estávamos compondo músicas para o novo cd, porém assim que soubemos que estávamos na seletiva do Rio, passamos a ensaiar para o show, acertando alguns detalhes como backing vocals, convenções, dobras de guitarra… E agora, continuamos ensaiando, ensaiando…(risos). Não tem mistério, é ensaio atrás de ensaio.

Jean Porto (baixo): Temos ensaiado semanalmente, embora tenhamos compromissos diários, não há como deixar de ensaiar e muito menos deixar pra outra hora, desde que soubemos da participação no Metal Battle tem sido assim, e agora nesta próxima fase, estamos mais animados ainda.

4.) Caso o WarFX se sagre vencedor e vá a Alemanha com direito a apresentação no maior festival de Metal do mundo e ainda com a gravação/lançamento de um album via Wacken Records, como a banda vê a “vida” após esse prêmio?
 
Alex Porto (bateria): Seria com certeza seria a realização de um sonho que vem lá dos meus tempo de criança…hahaha….quantas vezes sonhamos com uma coisa dessas, tocar num mesmo evento com Iron Maiden e outras feras , mas vamos por partes, a final tá aí  e é claro que estamos trabalhando pra isso e com certeza teremos ótimas bandas concorrendo conosco o que valorizaria ainda mais uma possível conquista.

Hugo Navia (vocal): Eu acho que é muito cedo pra pensar sobre isso… Claro, seria um sonho realizado! Mas tento não ficar pensando muito à frente… como eu disse antes; eu já fiquei muito feliz só de ter a oportunidade de participar do Metal Battle e alcançar uma gama maior de público com isso… o que vier daqui pra frente é um grande lucro. Existem outras ótimas bandas concorrendo e o importante é fazermos o melhor show que conseguirmos, e se vencermos será porque nos esforçamos o suficiente para merecer isso!

5.) Existe a vontade, ou talvez esperança, dos integrantes da WarFX conseguirem viver exclusivamente do som da banda?

Hugo Navia (vocal): A vontade sempre existe, mas todos têm suas vidas profissionais fora da banda, e aqui no Brasil é complexo, quase impossível, mas lá fora… quem sabe?

Felipe Lima (guitarra): É, quem sabe? Acho que, no caso de qualquer trabalho autoral, seja metal ou não, é muito difícil viver exclusivamente do som banda, pelo menos durante um período. Os integrantes das bandas possuem empregos paralelos. Porém, se as coisas acontecerem, todo esforço valerá a pena, pois a maior ambição do ser humano é ganhar a vida fazendo o que gosta. E, de vez em quando, você ainda pode beber durante o trabalho, quem não quer? hehehe

6.) Na opinião de vocês seria viável a realização de um festival no modelo do Wacken no Brasil?

Felipe Lima (guitarra): Sem dúvida! Inclusive há alguns anos que a organização do Wacken fala em realizar o Wacken Rocks Brazil. Além do mais, toda e qualquer banda de Metal do planeta vem ao Brasil, tocando em várias cidades.

7.) Em nome do Metal Militia gostaria de agradecer a participação de vocês mais uma vez e deixar as portas da radio abertas a todos do WarFX. Também deixo essa ultima parte para o recado final da banda.
 
Alex Porto (bateria): Agradecemos à toda equipe da Metal Militia, valeu mesmo por fortalecer as bandas no programa, seja tocando suas musicas ou divulgando eventos das mesmas, abraço e Metal na veia!

Felipe Lima (guitarra): Valeu, obrigado a todos da Metal Militia. Continuem detonando!

Hugo Navia (vocal): Cara, nós é que agradecemos, continuem detonando aí! Um grande obrigado também pra galera que vem nos apoiando!

Jean Porto (baixo): Obrigado pela força que vocês dão ao WARFX e ao Metal no Brasil, um forte abraço galera, continuem detonando!

 Pra quem quiser conhecer melhor a banda e  principalmente o som dos caras, ta ai o site dos caras, alias muito bem feito:  http://www.warfx.com.br

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: