Archive for May, 2010

31 de Maio – 02 e 04 de Junho

Posted in A Hora do Chefe with tags , , on May 30, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Programa dessa semana, conforme combinado, rola o mini-especial de lançamento do album do Annihilator, que leva o próprio nome da banda. Pode-se considerar que dessa vez Jeff Watter, guitarrista e dono da banda, acertou a mão ao contrário do que vinha acontecendo nos ultimos albuns, contúdo deixo para vocês avaliaren quando ouvirem o programa.

Como o album é grande não irpa rolar o album na integra, contudo quase todas as músicas rolam nesse programa e as demais futuramente.

Annihilator – Annihilator

01. The Trend
02. Coward
03. Ambush
04. Betrayed
05. 25 Seconds
06. The Other Side
07. Payback

Outra promessa é o novo clip do Korzus, alias uma bela produção para a banda nesse video, confira abaixo:

Por essa semana é isso.

abraço,
Chefe

Advertisements

Provavel set list do Aerosmith

Posted in Set Lists with tags , , on May 27, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Volto mais uma vez essa semana, e não sera a ultimo, para divulgar mais um provavel set list, dessa vez de um dos grandes nomes do Hard Rock, o Aerosmith. Serão apenas 2 apresentações no Brasil:

Data: 27/05 (quinta-feira) – Porto Alegre/RS
Local: Estacionamento da FIERGS (Av. Assis Brasil, 8787 – Bairro Sarandi).
Horário: A partir das 22:00hs.

Data: 29/05 (sábado) – São Paulo/SP
Local: Estádio Palestra Itália (Rua Turiaçu, 1840)
Horário: 21:30hs.

Essa é uma daquelas bandas que quem curte precisa ir, afinal os caras estão bem velhinhos  tiveram uma grande treta em um passad recente, enfim, quem perder essa pode nunca mais ver a banda.

Também vale ressaltar que nessa quarta e sabado rola, as 18hrs, após o programa A Hora do Chefe, o especial dos caras com 2 horas de som na Web Radio Metal Militia, um bom esquenta pra quem vai no show!

O set list abaixo, que incluí varias clássicas e alguns covers, foi tirado do show no Peru, no dia 22 de maio, ou seja, bem recente e provavelmente será bem parecido aqui no país do futebol.

Aerosmith Brazilian Tour 2010:

01. Eat The Rich
02. Love in an Elevator
03. Falling in Love (is Hard on the Knees)
04. Pink
05. Dream On
06. Livin’ on the Edge
07. Jaded
08. Cryin’
09. Lord Of The Thighs
10. Rag Doll
11. What It Takes 
12. Sweet Emotion
13. Stop Messin’ Around (Fleetwood Mac cover) 
14. Last Child
15. Baby, Please Don’t Go (Big Joe Williams cover) 
16. Draw the Line
—————————
17. Crazy
18. Walk This Way 
19. Train Kept A-Rollin’ (Tiny Bradshaw cover)

A todos que vão bom show, aos que não vão, vale reassistir o clipe abaixo, clássico da MTV e de todos os adolescentes da época hehehe:

E ainda volto essa semana para mais um set list, dessa vez da nova banda DeathStars, que inclusive tem promoção de ingressos no site do Metal Militia, não perca!

abraço,
Chefe

Provavel set list do U.F.O.

Posted in Set Lists with tags , on May 26, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Enfim, mais um provavel set list de uma banda gringa a vir par ao Brasil, desta vez da veterana banda inglesa U.F.O. que virá ao país para 4 apresentações:

Data: 26/05 (quarta-feira) – São Paulo/SP
Local: Carioca Club (Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros)
Horário: 20:00hs.

Data: 27/05 (quinta-feira) – Goiânia/GO
Local: Bolshoi Pub (Rua T-53/T-2, n 1140, Setor Bueno)
Horário: 21:00hs.

Data: 28/05 (sexta-feira) – Belo Horizonte/MG
Local: Lapa Multishow ( Rua Álvares Maciel, 312. Santa Efigênia
Horário: 22:00hs

Data: 29/05 (sábado) – Recife/PE
Local: Sport Club do Recife
Horário: 22:00hs.

O set list abaixo foi retirado de uma show em na terra natal dos caras, Inglaterra, no dia 4 de maio deste ano:

U.F.O. Brazilian Tour 2010

01. Let It Roll
02. Mother Mary
03. Saving Me
04. Out In The Street
05. The Kidds / Hell Driver
06. Cherry / Daylight 
07. Stop Breaking Down
08. Only You Can Rock Me
09. Love To Love
10. Hell Driver
11. Ain’t No Baby
12. Too Hot To Handle
13. Lights Out
14. Doctor Doctor
———————-
15. Rock Bottom
16. Shoot Shoot

Sinceramente não sou fã da banda e portanto não tenho muito a que falar, além de desejar um bom show aqueles que curtem e vão curtir!

Ainda volto essa semana com mais dois set list: Aerosmith e Deathstars, aguardemm…

abraço,
Chefe

Clips Black Metal

Posted in Generico with tags , on May 25, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Mal ae pela demora, mas havia esquecido de postar aqui os clips prometidos no ultimo programa das duas grandes bandas de Black Metal: Immortal e Dark Funeral

O Immortal esta para lançar o DVD “The Seventh Date of Blashyrkh” entre julho e setembro deste ano. Segue abaixo uma amostra:

O outro é o impressionante clip do Dark Funeral, do som “My Funeral“, do ultimo album dos caras, que ja tiveram incriveis mais de 500 mil visualizações no You Tube:

É isso ae, divida paga!

abraço,
Chefe

24 – 26 – 29 de Maio

Posted in A Hora do Chefe with tags , , on May 23, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

No programa dessa semana, o primeiro após a morte de Ronnie Jame Dio – homenageado no programa da semana, temos o mini-especial de lançamento do ultimo album do brasileiro Max Cavaleira com sua banda Soulfly, chamado Omen, album lançada neste ano de 2010.

Bom, como o album é grande não vai rolar na integra, mas com certeza você ainda ouvira as demais musicas em futuros programas e durante a programação da radio, então eis abaixo o track list do album que rolou neste programa:

Soulfly – Omen

01. Bloodbath & Beyond
02. Rise Of The Fallen
03. Great Depression
04. Lethal Injection
05. Kingdom
06. Jeffrey Dahmer
07. Vulture Culture
08. Mega-Doom
09. Counter Sabotage
  

Por esse programa é isso dai, lembrando que semana que vem rola o novo do Annihilator!

abraço,
Chefe

W:O:A Metal Battle – Khrophus

Posted in Entrevistas with tags , on May 22, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Mais uma entrevista da série Wacken Metal Battle. Agora com a excelente e brutal banda Khrophus de Florianópolis, que apesar de não terem vencido a seletiva já estão com as malas prontas para uma tour pelos EUA e Europa, como nos conta o vocalista/baixista da banda:

1.) Primeiramente gostaria de agradecer a vocês do Khrophus pela participação aqui nesta entrevista.

Alex Pazetto: Nós é que agradecemos, fera. É sempre uma grande honra.

2.) Cada vez mais cedo as bandas hoje procuram mostrar seus som fora do país, muitas vezes antes mesmo de ter um album completo, só tendo um EP ou Demo. Na opinião do Khrophus podemos considerar essa busca das bandas do nosso underground por um espaço lá fora como um reflexo da falta de apoio ao nosso underground?

Alex Pazetto: Acredito que sim. Infelizmente o cenário Metal do Brasil ainda não é suficientemente maduro, e um dos motivos é aquele pensamento antigo de que “se os gringos gostaram, então eu também posso gostar porque é bom”. O Brasil oferece uma vastidão de ótimas bandas de Metal, e muitas com altíssimo nível técnico e profissional. Porém, pra dar certo, falta o grande público enxergar isso, e principalmente deixar de ir pelo gosto dos outros.

3.) Como vocês se prepararam para as apresentações nas seletivas, apenas mais um show ou tiveram algo especial?

Alex Pazetto: A diferença foi o tempo reduzido de repertório (apenas 30 minutos), e a correria pra montar o palco em apenas 15 minutos. Eram regras do evento, e nós nos preparamos especialmente pra essa situação.

4.) Caso o Khrophus tivesse vencido e fosse a Alemanha para se apresentar no Wacken e ainda gravar um album via Wacken Records, como a banda acha que seria a “vida” após esse prêmio?

Alex Pazetto: Com certeza seria muito bom ter ganho o Metal Battle, e era pra isso que estávamos lá. Mas é bom deixar claro que nós não fomos participar como se fosse a única alternativa para a Khrophus crescer. Temos uma turnê na Europa e uma nos EUA marcada, então nós já teremos a oportunidade de apresentar o nosso trabalho fora do Brasil. O Wacken seria apenas uma alavanca para acelerar o crescimento da banda, e seria muito bem vindo, mas estávamos conscientes de que não seria fácil. Aproveitando a oportunidade, em nome da Khrophus eu quero parabenizar a banda Cangaço pela excelente vitória, e desejá-los muito sucesso. Além de uma grande banda, são ótimas pessoas, e já os consideramos amigos. Mereceram ganhar!

5.) Existe a vontade, ou talvez esperança, dos integrantes do Khrophus conseguirem viver exclusivamente do som da banda?

Alex Pazetto: Bom, eu sempre gosto de dizer que na Khrophus existe a certeza e o trabalho duro pra que isso se concretize. O que mais gostamos de fazer na vida é tocar death metal, e damos o nosso sangue pra podermos, um dia, viver fazendo isso. Não estamos nessa pra brincar de banda, a parada é séria.

6.) Na opinião de vocês seria viável a realização de um festival no modelo do Khrophus no Brasil?

Alex Pazetto: Acredito que no Brasil, o melhor caminho pros produtores não levarem prejuízos com shows é dar uma misturada. Metal é Metal, e não vejo por que isolar este ou aquele sub-gênero dos outros. Por isso, acredito que é bem mais viável promover um evento com bandas de sub-gêneros distintos dentro do Metal.

7.) Em nome do Metal Militia gostaria de agradecer a participação de vocês mais uma vez e deixar as portas da radio abertas a todos do Khrophus. Também deixo essa ultima parte para o recado final da banda.

Alex Pazetto: Agradecemos muito pela oportunidade desta entrevista, e também o parabenizamos pelo ótimo trabalho junto ao underground nacional. A todos os que quiserem conhecer ou ficar por dentro das novidades da Khrophus, acessem o nosso site/myspace: http://www.myspace.com/khrophus

Obrigado!

Como já disse o Alex, pra galera que curte um Death Metal não deixe de acessar o myspace do Khrophus: www.myspace.com/khrophus

abraço,
Chefe

W:O:A Metal Battle – Greensleeves

Posted in Entrevistas with tags , on May 19, 2010 by Chefe

Hail Headbanguers do Metal Militia!

Bom após a ressaca dessa segunda devido ao falecimento do Dio, voltamos a programação normal.

É verdade que o Wacken Metal Battle 2010 já acabou, porém ainda não terminei de publicar as entrevistas com as bandas participantes desta edição.

A banda da vez é a Paranaense Greensleeves, que chegou bem longe, mas não levou, contudo tenho certeza que a luta não acaba por causa disso. Vale lembrar também que a entrevista foi feita antes das finais do evento.

Os caras já estão a bastante tempo na estrada, desde 1993 porém tiveram uma pausa de quase uma década, entre 97 e 07 e foi nessa volta que eles lançaram, em 2009, o álbum da banda, chamado The Elephant Truth que tem 23 faixas e conta a jornada mental de um homem em coma.

Quem responde essa entrevista é o vocal da banda Guilherme Nogueira e o guitarrista Cícero Baggio (em época de Copa do Mundo esse sobrenome me traz boas recordações hehehe). Piadas a parte, vamos ao que interessa:

1) Primeiramente gostaria de agradecer a vocês do Greensleeves pela participação aqui nesta entrevista e parabéns pela vitória na primeira seletiva do Wacken Metal Battle.

Guilherme: Obrigado! Agradecemos também a você e toda a equipe do Metal Militia pelo convite.

2.) Cada vez mais cedo as bandas hoje procuram mostrar seu som fora do país, muitas vezes antes mesmo de ter um album completo, só tendo um EP ou Demo. Na opinião do Greensleeves podemos considerar essa busca das bandas do nosso underground por um espaço lá fora como um reflexo da falta de apoio ao nosso underground?

Cícero: Acredito que sim. Como alguns países, especialmente no norte da Europa, têm um mercado de heavy metal bastante desenvolvido, o caminho natural das bandas daqui é também tentar a sorte lá fora.

3.) Como vocês se prepararam para a apresentação na seletiva regional, apenas mais um show ou tiveram algo especial? E para a final como será?

Guilherme: O evento em Curitiba foi muito bacana. Esperamos ter a oportunidade de participar de outros festivais desse porte. Não vejo a hora de dividir o show com as outras bandas e divulgar o nosso trabalho para mais pessoas.

Cicero: No final de 2009 lançamos nosso primeiro disco, The Elephant Truth, e começamos a divulgar. Logo veio a notícia de nossa classificação para a seletiva regional do Metal Battle, então nos preparamos para mostrar o nosso melhor no evento.

4.) Caso o Greensleeves se sagre vencedor e vá a Alemanha com direito a apresentação no maior festival de Metal do mundo e ainda com a gravação/lançamento de um álbum via Wacken Records, como a banda vê a “vida” após esse prêmio?

Guilherme: Certamente conseguiríamos atingir um público bem maior com a nossa música. Também, creio que a vitória da banda no Metal Battle brasileiro nos trará uma série de oportunidades, as quais, se presentes, teremos que aproveitar com vontade, garra e determinação, em respeito não só às outras bandas participantes, mas a todo o underground brasileiro. Aliás, seria uma honra poder representar o país na Alemanha, seguindo os passos de outras grandes bandas que venceram a etapa brasileira do festival nos anos anteriores.  

5.) Existe a vontade, ou talvez esperança, dos integrantes do Greensleeves conseguirem viver exclusivamente do som da banda?

Guilherme: É claro! Mas a realidade torna as coisas bem mais complexas. Creio que isso seja possível para poucas bandas e artistas do meio. O jeito é continuar batalhando!

6.) Na opinião de vocês seria viável a realização de um festival no modelo do Wacken no Brasil?

Cícero: Estive pensando sobre isso durante os dias que antecederam a seletiva regional. Do ponto de vista de logística e geografia é totalmente possível. Um festival desse porte no Brasil, com uma organização bem feita, poderia mesmo entrar para a história.

7.) Em nome do Metal Militia gostaria de agradecer a participação de vocês mais uma vez e deixar as portas da rádio abertas a todos do Greensleeves. Também deixo essa ultima parte para o recado final da banda.

Cícero: Muito obrigado pela oportunidade! Aproveitamos para parabenizar toda a equipe do Metal Militia pelo trabalho que têm sido realizado, muito importante para todas as bandas independentes.

Pra quem ficou curioso e quer ouvir o som dos caras, segue o myspace deles: http://www.myspace.com/greensleevesbrazil.

abraço,
Chefe